2.17.2011

Por agora? Para sempre.


Não estava nos meus planos apaixonar-me. Estava distante do verdadeiro amor e desconhecia os sintomas de tal “doença” que afecta os corações do mundo inteiro. Nem se quer sabia que nestas ocasiões perdemos o controlo do nosso batimento cardíaco e que nos sentíamos mais leves e mais felizes. Desconhecia tudo e fiquei a conhecer, simplesmente, que o meu coração, compulsivamente, passou a acelerar por ti.

2 comentários:

Diogo Passos disse...

Está mesmo lindo *.*

catarinap. disse...

obrigada minha querida! Também gostei muito!