4.07.2011

Amor e perda



Apaixonei-me pela primeira vez e via aquele amor, por ele, tão avassalador que me chegou a  parecer ser a resposta a tudo o que eu procurava. Era tudo aquilo que eu sonhava até então: apaixonado, forte, com carisma e estar com ele fazia-me sentir um subproduto de todas essas coisas. E contudo, quanto mais eu me esforçava por consolidar-me nessa relação, mais insegura me tornava. Na altura, considerei-o o único culpado, mas olhando para trás, consigo ver que também eu tive uma certa responsabilidade. No mínimo, dá para entender que, aos olhos dele, eu me tornei menos atraente.

23 comentários:

Janne ♥ disse...

Bem preciso :/ *

Diogo Passos disse...

Está lindo amor, já sabia que ia sair bonito o texto *.*

Rita disse...

ADOREI *

Rita disse...

a sério, identifico-me tanto com os teus textos. *.*

Janne ♥ disse...

Obrigada, é mesmo bom saber juro.
E um dia que queiras ''arrebentar '' eu estou aqui, pronta para ouvir qualquer coisa, porque as vezes queremos contar a nossa historia do 0 e ninguém tem paciencia, informo que tenho toda e o todo o gosto do mundo *

Rita disse...

sim, está lindo mesmo (':

Janne ♥ disse...

Tu sabes o que dizes e eu já reparei nisso, é verdade que é bom conhecer novas pessoas.
Tambem estou aqui 24 princesa :* Obrigada pelas palavras, pela força, por saber que não estou nem nunca estarei sozinha.

carina, disse...

que disparate ;o
escreves lindamente amor!

Janne ♥ disse...

vê-se mesmo que já passas-te na vida, que tens uma opinião propria, e uma personalidade forte, acho que tens muito para contar e esse coração guarda imenso.
Quando quiseres podes arrebentar, desabafar, olha até podes escrever textos e textos no word que eu leio todos com a maior atenção do mundo (: *

Cristiana Lourenço disse...

obrigado querida*

está lindooo !

carina, disse...

É a verdade (;

Sara Louro disse...

de nada (;
acredito que me compreendas, é uma fase complicada para quem gosta muito da turma e está afeiçoada a ela :x

André disse...

Está fantástico mesmo :)

Rita disse...

ohn, obrigada princesa (': mas se eu escrevo bem, tu escreves belissimamente bem! *

Anónimo disse...

Amei

Ana Mourão disse...

Obrigado "Anónimo" *

Janne ♥ disse...

Agora sinto que te conheço <3

André disse...

Que asneira tão grande :o
Isso sou eu que digo, quem me dera escrever metade do que tu escreves!

Verinha disse...

e porque nao? :)
entao querida que se passou? espero que estejas bem :s

João Fonseca disse...

Muito obrigado...
"Apaixonei-me pela primeira vez e via aquele amor, por ele, tão avassalador que me chegou a parecer ser a resposta a tudo o que eu procurava."

Às vezes acreditamos demasiado numa coisa pensando que é a única possibilidade de sermos felizes. Mas há mais sentimentos na vida.

André disse...

Que teimosa que tu :o
Tu sim, tens o talento da escrita, que por sinal é gigante :o

André disse...

Que teimosa que és*

Ana'Rute disse...

Adorei o texto , a musica é linda @
Sigo :)