2.28.2011

Mas afinal alguém me sabe responder?


Choro lágrimas repentinas e vejo que a minha vida está sem sentido algum. Já sinto falta da verdadeira vida, do verdadeiro viver e de todas as cores e sorrisos do mundo.
 Alguém me pode dizer o que se passou? Ou melhor, alguém me pode dizer onde é que eu estou?
Sinto-me desanimada e o sol já só brilha onde quer, não me procura e deixa-me ao escuro todas as horas que chamo por ele ou todas as horas que o procuro.
Mas e se alguém se debruçasse sobre a minha vida, será que me poderia ver-me aqui em baixo? Será que poderia vir a notar o quanto estou cansada de viver no escuro e o quanto quero voltar para o mundo de onde vim? Será que compreendia que o sentimento que foi não voltou? Será que sim? Será que não?
O sol às vezes brilha e mostra-me com sombras o caminho que tenho para seguir, o longo caminho que tenho de percorrer para voltar para os abraços de todos aqueles que se preocupam comigo e que gostam realmente de mim. Mas afinal, eu ainda continuo longe do sol? É isso?
E quero apenas que a minha vida volte a ter sentido e não quero corrigir nem repetir os erros que cometi. Não quero!
Alguém me ouve? Alguém me sabe dizer o que é que eu faço aqui?

4 comentários:

carina, disse...

foi frase simples amor!
ohhh está tão lindo este <3 adorei.

Diogo Passos disse...

Está lindo amor *.*
AMO-TE $:

raio de sol disse...

obrigada <3

Daniela disse...

Basta querermos para a nossa vida continuar a ter sentido ♥