1.06.2011

Diogo Cardoso de Passos



“Espera por mim, eu vou ter contigo!” Sentia saudades não do teu beijo, mas de ti. Tinha vontade não de te ver, mas de estar contigo. Passei quatro míseros dias “sozinha”, não completamente sozinha porque a saudade nunca me deixou, esteve sempre comigo.
10:02 h – Sorrimos logo que os olhares se cruzaram a primeira vez destes novos 365 dias. Abraçaste-me para que eu sentisse que estavas ali e que nunca te foste embora, aliás, para eu ter a certeza de que tu nunca te vais embora. Entrelaçaste os teus dedos nos meus e levaste-me ao mundo onde toda a gente se imagina feliz e sorri por tudo e por quase nada. Vi o reflexo do meu sorriso no brilho do teu olhar. Segurei-me a ti quando estava a escorregar na minha vida, quando estava a deitar tudo a perder. Superamos juntos as grandes dificuldades e corremos pelo amor.
Hoje sou alguém porque aprendi a admitir os meus erros, sou alguém porque parti-lho vitórias. Tornei-me grande, não em termos físicos mas em termos de coração. Já me deixei de lamentos, porque sei que tenho tudo, tudo menos razão para chorar pelos cantos.
Hoje parei. Parei mesmo para pensar que rumo queria tomar. (…) Já escolhi e sei que de todo não me vou arrepender da escolha que fiz. Tenho uma vida nova, um sorriso novo e um amor superior àquele que sentia por ti antes.
Estou aqui a sorrir para ti e a viver por ti. Estou aqui para te amar só a ti, sem obstáculos e se esses existirem dar-te-ei a mão e escalá-los-ei sempre contigo.
Sorri mais uma vez para mim, antes de adormeceres e sussurra-me aquilo que eu gosto de ouvir antes que o sol se ponha.
Entra, fecha a porta e as janelas, apaga a luz e lembra-te, que não posso viver sem ti, que não te quero ver fugir. Quero ter mais que o nada e não quero ver nunca o fim da estrada!
«Pode parecer que sou livre, mas eu estou presa a ti.»


1 comentário:

diogo passos disse...

Eu amo-te meu amor, obrigado por tudo o que fazes por mim $:
Nunca te vou deixar e o nosso amor irá permanecer! EU AMO-TE COM TODAS AS MINHAS FORÇAS ANA!